domingo, 13 de março de 2011

Apenas palavras...

Bom, tive um dia de ócio... Literalmente não fiz nada e estou bem por ter feito isto.

Tinham meses que não sabia o que é ficar em casa um dia completo, e hoje não sai nem pra comprar pão na padaria.

Acordei, olhei os celulares na esperança de uma msg qualquer, me sentei ao sofá e comecei a ver alguns filmes (a net toda liberada está uma beleza, mas não vou mudar meu pacote de TV por causa disto, seus dissimulados), fiz um almoço legal, com direito a saladinha e tudo mais, voltei a ver filmes, dormia as vezes, acordava, dormia de novo...

Um domingo bom, mas tb foi um domingo de pensamentos.

Fiquei pensando sobre o que aconteceu neste final de semana... Pessoas que à anos estavam sumidas reaparecem, e acontecem conversas, convites, explicações, e como sempre todo mundo sempre vê as coisas dentro de uma ótica minimalista e muitas vezes egoista.

Coisas que não foram boas no passado podem ser melhores no futuro, mas tb podem não ser. Não é a  questão deu estar "fechado para balanço" hoje que não vou ser feliz com alguém um dia, porém eu não quero nada com ninguém agora. E qual a dificuldade em se entender isto???

Pq as coisas tem que ser da forma com que todo mundo quer, mas a minha opinião nunca pode ser respeitada???

É difícil viver em relações unilaterais, na verdade isto nem é uma relação. Vc fala comigo quando quer, mas eu não falo com vc quando desejo falar... Vc quer estar comigo agora, mas agora eu não quero estar com ninguém e somem de novo... Acaba que tudo se resume nos "vcs" de nossa vida, e nunca no eu.

Não quero relações alicerçadas no outro, muito menos em mim, quero um dia uma relação fundamentada no "nós", e este nós tem como primeiro princípio a presença de Deus.

Pode ser que eu nunca encontre isto... Até pq já encontrei uma vez e eu mesmo, na minha "santa estupidez" consegui estragar tudo... e nem sempre temos segundas chances.

Se eu encontrar novamente, que bom... Se não, buscarei em Deus ser feliz, mesmo que sozinho. Não estou assinando meu atestado de eunuco, mas já estou cansado de sempre estragar tudo.

Claro que tenho sonhos... Quero um dia me casar, ter um filho e tb adotar um outro, ter a esposa mais linda do mundo mesmo ela não se achando tão linda assim, poder oferecer a ela e nossos filhos algo mais que o apartamento que tenho hoje, coisas normais que acho que todo mundo quer. Mas se nada disto acontecer, quero mesmo assim ser feliz, ter alguns poucos amigos de verdade, ter colegas com quem posso sorrir.

Não é ser pessimista, nem dramático como ouvi muito estes últimos tempos... É ser realista, reconhecer que muitos de meus problemas está em mim, e não querer machucar ninguém até Deus me ajudar e resolver estes meus problemas.

Não preciso "me dar uma chance" quando sei que o que preciso hoje não é alguém comigo, mas Deus comigo. Estou cansado de viver sempre o mesmo ciclo. Uma coisa que aprendi com alguém muito especial é que nada muda se não mudarmos.

Ontem ouvi algo que me alegrou na reunião do CJMG... Ouvi "cara, vc tá diferente, não xingou ninguém em quase 2 horas de reunião!!!" É meu amigo Exargon, coisas estão acontecendo e agradeço à Deus por isto.

Não desejo muitas coisas... Não tenho sonhos gigantes... Mas os que tenho só serão importantes se estiverem debaixo da vontade de Deus.

Não sei o que o futuro me reserva, mas sei que Deus tem o melhor pra mim.


Contador: 14177

304 visitas...
Parece que o pessoal não gosta muito de The Cure. rsrsrsrsrs
Eu ainda "enrico" com este blog... Ah "enrico" sim!!! uhauhauha

2 comentários:

  1. Apenas uma pessoa normal... :)

    ResponderExcluir
  2. Hum...você por aqui, crocante...Massa demais.
    Olha, não li o texto, mas volto depois com calma.
    Beijin,
    K. (Keila)

    ResponderExcluir